Viabilidade econômica e integração metropolitana são pré-requisitos a projetos de transporte de Curitiba     

21 Fev 2017

 

Orientação do prefeito Rafael Greca foi feita ao avaliar a proposta do "eBRT", veículo leve sobre pneus, a segunda que integra a Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) da Eletromobilidade.

 

"O veículo é muito bonito, parece confortável e tem escala aceitável, sobretudo para a Linha Verde. Mas precisamos que seja economicamente viável e adaptado à capacidade de ter uma tarifa econômica e de atender às necessidades metropolitanas", afirmou o prefeito Rafael Greca após ser apresentado ao projeto do eBRT (um veículo leve sobre pneus - VLP), proposto pela J. Maluceli, M4 Consultoria e a Pontoon Participações, como parte do Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) da Eletromobilidade, que pretende a implantação de um modal de transporte público com acionamento elétrico em Curitiba.

 

Na reunião com os elaboradores do projeto, realizada nesta terça-feira (21), no Ippuc, Greca cumpriu o que prevê a lei da concorrência e solicitou maior detalhamento do que foi apresentado. "Entreguei a análise feita pelo Ippuc ao consórcio, assim como fiz a quem apresentou o projeto concorrente elaborado pela Volvo, e agora vou aguardar o retorno das respostas de ambos às nossas perguntas", completou o prefeito.

 

    foto 02  foto 01

 

Leia mais...