Fundo de Inovação do Vale do Pinhão prevê R$ 10 milhões para investimentos    21 novembro 2018

 

O prefeito Rafael Greca foi à Câmara Municipal, na manhã desta quarta-feira (21/11), onde fez um balanço da participação de Curitiba no Smart City Expo World Congress, em Barcelona, e anunciou a criação do Fundo de Inovação do Vale do Pinhão, com investimentos de R$ 10 milhões em 2019.

 

Barcelona

 

No Plenário da Câmara, o prefeito agradeceu ao parlamento pelo apoio dado à gestão no Plano de Recuperação de Curitiba e elencou os resultados da participação da cidade no evento internacional, realizado de 12 a 16 de novembro.

 

"Estou aqui para compartilhar o prêmio que ganhamos em Barcelona. Um troféu concedido a Curitiba num grupo seleto de outras seis cidades do mundo. Conseguimos ser finalistas entre as referências sustentabilidade urbana no prêmio mundial da inovação", ressaltou Greca. O projeto curitibano ficou entre os melhores de 473 projetos de todo o mundo avaliados no evento.

 

"Curitiba também foi selecionada, entre 16 cidades do mundo, para concorrer a US$ 1 milhão de investimentos pela Mastercard, com projetos a serem definidos pela cidade no começo do próximo ano", disse Greca. Uma missão empresarial orientada pelo Ministério da Inovação da Coreia do Sul também deverá vir à capital paranaense para estudar investimentos com capital coreano na área da inovação.

 

"O congresso me ensinou que a inovação entrará no mundo pelas cidades. E que estamos no caminho certo", afirmou o prefeito. Parte desse caminho, segundo Greca, já foi trilhado com a aprovação da Lei de Inovação, de fomento ao ecossistema de empreendedorismo, e com consolidação da cidade como referência para a América Latina e a próxima a sede do Congresso Mundial de Inovação, nos dias 21 e 22 de março, no Parque Barigui.

 

Fundo de Inovação

 

De acordo com Greca, o próximo passo desse processo de investimento é a criação do Fundo de Inovação do Vale do Pinhão, instrumento de estímulo previsto na legislação. "Quero propor um investimento de R$ 10 milhões num fundo municipal de inovação a ser criado no ano que vem. Será o instrumento financeiro que possibilitará aos empreendedores curitibanos desenvolverem atividades com o apoio do município".

 

"É a materialização da inovação em Curitiba. Não adianta falar é preciso fazer. A política não pode ser um exercício de vaidade", frisou Greca.

 

Leia a notícia completa em MAIS...