banner grande

 

Dia 03 de Setembro - Secretários municipais, engenheiros e arquitetas das Secretarias de Meio Ambiente, Infraestrutura e Obras, e Mobilidade Urbana do município de Vitória da Conquista (BA) estiveram no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba para uma apresentação institucional sobre o processo de planejamento urbano de Curitiba. A visita foi intermediada pela Coordenação de Relações Externas do IPPUC.

 


01 Divulgação/Ippuc   02 Divulgação/Ippuc

Dia 04 de Setembro - O presidente da Câmara Municipal de Curitiba, vereador Sabino Picolo, definiu para os dias 17 e 18 de setembro as datas para a votação, em primeiro e segundo turnos, da nova Lei Básica de Zoneamento e Uso do Solo pelo Legislativo. Já na segunda-feira (9/9), às 14 horas, será realizada audiência pública, no auditório da Câmara, no âmbito da Comissão de Urbanis-mo  da Casa. Após a audiência pública, por sugestão do presidente da Comissão de Urbanismo da Câmara, Serginho do Posto, deverá haver um debate técnico para a avaliação das emendas a serem encaminhadas pelos vereadores.

"É uma avaliação necessária para poder avançar tecnicamente de forma que a emenda não seja desqualificada", disse. Técnicos do Ippuc e da Secretaria Municipal do Urbanismo darão suporte aos parlamentares. O cronograma de votação foi sugerido em reunião, nesta quarta-feira (4/9), no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) de apresentação da proposta do Executivo a todo o parlamento. Estiveram presentes 23 dos 38 vereadores e outros foram representados por assessores parlamentares. "Pretendemos colocar em votação nos dias 17 e 18 de setembro. É o mês da primavera em que tudo floresce e a lei irá florescer para o benefício da cidade", disse Sabino Picolo. Leia a notícia completa...


03 Divulgação/Ippuc   04 Divulgação/Ippuc

 

05 Divulgação/Ippuc

 

Dia 04 de Setembro - O prefeito Rafael Greca visitou, nesta quarta-feira (4/9), as obras de restauração do Belvedere, na Praça João Cândido, no São Francisco. Durante escavações no local, a equipe encarregada do trabalho localizou uma ossada humana, que o prefeito também inspecionou. "É possível que seja do capitão Manoel de Paula Guimarães, que em 1808 construiu o antigo cemitério da igrejinha de São Francisco de Paula e há muito dorme o sono da eternidade nesse Alto de São Francisco. Louvo, com respeito, os que foram grandes e foram nossos", observou Greca, conhecedor da história da cidade. 

A equipe encarregada da restauração estuda a melhor forma de tratar o achado arqueológico. Alvo de um incêndio no final de 2017, o espaço art nouveau deve ficar pronto ainda este ano. Ele foi construído pelo prefeito Cândido de Abreu, entre 1912 e 1915, para facilitar a observação da Serra do Mar e, assim que for reaberto, abrigará a Academia Paranaense de Letras e um café literário. Acompanharam o prefeito a secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias; o responsável  pelo Patrimônio Histórico Estadual, Sérgio Krieger; o coordenador de Projetos do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), arquiteto Mauro Magnabosco; e a arqueóloga Cláudia Parellada, do Museu Paranaense. Leia a notícia completa...

06 Divulgação/Ippuc   07 Divulgação/Ippuc

Dia 06 de Setembro - Integrantes do G10, grupo que reúne entidades representativas do setor produtivo de Curitiba e do Paraná, foram recebidos nesta sexta-feira (6/9) em reunião na Prefeitura que tratou dos encaminhamentos finais da atualização da Lei Básica de Zoneamento e Uso do Solo, cujo projeto de lei (005.00105.2018) será votado pela Câmara Municipal nos dias 17 e 18 de setembro. Os representantes das entidades foram recebidos pelo secretário do Governo Municipal e presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Luiz Fernando Jamur, pelo coordenador da revisão da Lei de Zoneamento no Ippuc, Alberto Paranhos e a diretora de Planejamento do instituto, Rosane Knoll. De acordo com o presidente do Ippuc e secretário do Governo, a reunião com o G10 foi importante, porque consolida um processo de debate já realizado e tendo em vista o cronograma de votação definido pela Câmara. Integram o G10 a Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura no Paraná (Asbea/PR), Associação Comercial do Paraná (ACP), Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário no Estado do Paraná (Ademi-PR), Câmara de Valores Imobiliários do Estado do Paraná (CVI-PR), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), Federação do Comércio do Estado do Paraná (Fecomércio/PR), Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Instituto de Engenharia do Paraná (IEP), Sindicato da Habitação e Condomínios do Paraná (Secovi-PR), e Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Paraná (Sindiscon-PR). Leia a notícia completa...


 

08 Divulgação/Ippuc

 

Dia 09 de Setembro - A Comissão de Urbanismo da Câmara Municipal promoveu, nesta segunda-feira, a última audiência pública da Lei Básica de Zoneamento, Uso e Ocupação do Solo, antes de a matéria ser levada à votação. O cronograma estabelecido pelo Legislativo prevê que o projeto de lei (005.00105.2018) seja votado em dois turnos, nos dias 17 e 18 de setembro. A audiência reuniu cerca de 150 pessoas que lotaram o auditório do Anexo II da Câmara. Entre os presentes estiveram lideranças comunitárias e representantes do setor produtivo,  entre  eles integrantes  do  G10,  do  Conselho  

de Arquitetura e Urbanismo (CAU), Sindicato dos Arquitetos e Urbanistas do Estado do Paraná (Sindarq-PR), do Sindicombustíveis-PR além de técnicos do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) e da Secretaria Municipal de Urbanismo. A proposta da nova Lei de Zoneamento foi entregue pelo prefeito à Câmara Municipal em 1º de agosto do ano passado, após um ano e meio de trabalho que incluiu a realização de audiências públicas e reuniões semanais com o corpo técnico do município.

Depois de votado, o projeto de lei tem seis meses para começar a valer. Nesse meio tempo serão montadas câmaras técnicas para discutir os decretos regulamentadores, além da Comissão de Implantação de Zoneamento (CIZ) para gerar os novos documentos por meio eletrônico, como guia amarela, entre outros. Leia a notícia completa...

 

Dia 09 de Setembro - O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba recebeu a visita de mestrandos em Políticas Públicas, da Universidad Austral de Buenos Aires (Argentina) para uma apresentação institucional sobre o processo de planejamento urbano de Curitiba. A visita foi intermediada pela Coordenação de Relações Externas do IPPUC.


 

09 Divulgação/Ippuc   10 Divulgação/Ippuc

Dia 12 de Setembro - Nesta quinta-feira a coordenadora da ACGB, Deise Fonseca, apresentou modelos dos painéis ao prefeito Rafael Greca, em reunião no gabinete do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc). Os painéis de azulejos com a inscrição de poesias de artistas locais vão ocupar alguns espaços da cidade degradados por pichações e depredações. O trabalho é uma iniciativa da Associação de Condomínios Garantidos do Brasil (ACGB), em parceria com a Prefeitura de Curitiba e o suporte da Associação Comercial do Paraná (ACP) e representa um reforço ao Programa Rosto da Cidade. "Estamos resgatando a paisagem urbana e devolvendo o direito dos cidadãos de contemplar a cidade", afirmou o prefeito Rafael Greca.

A ACGB é parceira do município na recuperação urbana. A associação faz um trabalho gratuito de limpeza de pichações e recuperação social de pichadores, além da recolocação de petit-pavês soltos, entre outras atividades. A ideia de um roteiro de poesias em espaços da cidade já havia sido apresentada ao prefeito no fim de agosto, em reunião na Prefeitura. Os painéis de azulejos são confeccionados pela própria ACGB. "Desenvolvemos todo o processo. Temos até um forno próprio", explicou Deise. Leia a notícia completa...


11 Divulgação/Ippuc   12 Divulgação/Ippuc

Dia 17 de Setembro - O texto-base da nova Lei de Zoneamento, Uso e Ocupação do Solo de Curitiba foi aprovado por unanimidade, nesta terça-feira (17/9), pela Câmara Municipal. Foram 35 votos favoráveis à proposta do Executivo, que tramita na Casa desde agosto do ano passado. Foram protocoladas 72 emendas, das quais 13 retiradas. Das 59 votadas, 15 emendas foram aprovadas e serão incorporadas ao texto final da Lei de Zoneamento que será votado na sessão desta quarta-feira (18/4). "Curitiba dá um passo adiante com a aprovação desta lei. Nos adequamos às exigências do Estatuto da Cidade podemos agora modernizar o sistema de aprovação de projetos com uma proposta ágil e transparente", afirmou secretário de Governo e presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Luiz Fernando Jamur.

 

A nova Lei de Zoneamento, Uso e Ocupação do Solo atualiza a legislação anterior (lei 9.800/2000) vigente até o momento, incorpora solicitações da comunidade e do setor produtivo apresentadas em reuniões públicas e orienta o desenvolvimento da cidade com vistas ao empreendedorismo e o crescimento ordenado.  Leia a notícia completa...

 

Dia 18 de Setembro - A professora Luciene Pimentel da Silva, da UERJ e PPGTU (PUC-PR), instituições respectivamente do Rio de Janeiro e de Curitiba, esteve no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, para uma apresentação institucional sobre o processo de Planejamento Urbano de Curitiba. A reunião foi intermediada pela Coordenação de Relações Externas do IPPUC.


Dia 19 de Setembro - O professor Fumihiko Nakamura, acompanhado de estudantes japoneses da Universidade de Yokohama (Japão), esteve no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba para participar de uma apresentação institucional sobre o processo de Planejamento Urbano de Curitiba. A visita foi intermediada pela Coordenação de Relações Externas do IPPUC.


Dia 20 de Setembro - Estudantes de graduação da Universidade URI, de Erechim, no Rio Grande do Sul, estiveram no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba para conhecer o trabalho desenvolvido pelo Ippuc e participar de uma apresentação institucional sobre o processo de Planejamento Urbano de Curitiba. A visita foi intermediada pela Coordenação de Relações Externas do IPPUC.


13 Divulgação/Ippuc   14 Divulgação/Ippuc

15 Divulgação/Ippuc

 

16 Divulgação/Ippuc

 

Dias 23 a 27 de Setembro - Realizada no final da tarde do dia 23 de setembro, pelo presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, Luiz Fernando Jamur, a abertura da palestra Projetando o Futuro, ministrada pelo pesquisador do Senseable City Lab, Ricardo Álvarez, do Massachusetts Institute of Technology (MIT). O evento marca o início da parceria entre a Prefeitura de Curitiba e o MIT em torno de ideias e ferramentas inteligentes com vistas ao futuro de nossa cidade.

 

O Workshop prossegue até sexta-feira, dia 27, envolvendo a equipe técnica do Ippuc. Participaram também técnicos da Prefeitura e professores da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Federal Tecnológica do Paraná (UTFPR), Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e Universidade Positivo (UP), que farão parte do trabalho a ser desenvolvido em Curitiba pelos próximos dois anos. Leia a notícia completa...

 


17 Divulgação/Ippuc   18 Divulgação/Ippuc

Dia 25 de Setembro - Uma consulta pública com os moradores da Caximba foi organizada nesta quarta-feira, dia 25, pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) e pelo Instituto de Pesquisa Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), com o objetivo de aprimorar o desenvolvimento do projeto Bairro Novo da Caximba. A equipe responsável pelo projeto Gestão de Risco Climático Bairro Novo da Caximba e um consultor socioambiental contratado pela Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) estiveram presentes junto às lideranças comunitárias convidadas e 60 famílias de diferentes localidades dentro da Vila 29 de Outubro. O encontro aconteceu no Cras Caximba, com apoio da Administração Regional do Tatuquara. Leia a notícia completa...


19 Divulgação/Ippuc   20 Divulgação/Ippuc

Dia 27 de Setembro - Num futuro próximo, o transporte público de Curitiba poderá ser orientado por aplicativos e movido por veículos autônomos em comboios com vagões que podem ser desacoplados no trajeto rumo a destinos diferentes. O usuário poderá passar o tempo de espera animado por jogos e entretenimento digital e, a partir leitura biométrica já no embarque, ter uma amostra da sua situação de saúde com dados da pressão, peso e níveis de estresse enviados a um app. Ou ainda definir o roteiro pelo smartphone e escolher diferentes tipos de modais, criando um banco de créditos por opções não poluentes.

 

Esses conceitos foram apresentados por técnicos da Prefeitura e representantes de universidades, na tarde desta sexta-feira (27/9), como resultado do workshop que faz parte do convênio de Curitiba com o laboratório Senseable City Lab (SCL), do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).


Os trabalhos foram desenvolvidos ao longo de três dias por um grupo de 19 profissionais, engenheiros e arquitetos do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Urbs e da Secretaria do Meio Ambiente e professores da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e Universidade Positivo (UP), sob a orientação dos pesquisadores do Senseable City Lab. Conheça todas as propostas apresentadas...